sábado, 24 de abril de 2010

todos os barcos sairam do cais
e eu não sei voltar aí.

2 comentários:

Geraldo de Barros disse...

não se preocupe, a poesia te leva ou te traz o que quer

;)

Anônimo disse...

´´O mundo começa a começar
O mundo começa a lua
O mundo começou quando estávamos em silêncio
E quando um barquinho encalhou no sargaço
E quando uma nuvem desencalhou o barquinho
E quando o sargaço se transformou em linguagem
E quando o mundo pronunciou nomes
E quando diziamos qualquer coisa
Carregas as minhas letras
Carrego as tuas letras...´´
POEMA DE ARJEN DUINKER